Castelo Tintagel e a lenda do Rei Arthur

Situado no alto da acidentada costa norte da Cornualha, Tintagel é um dos locais a se visitar na Inglaterra não apenas pela história mas pela beleza natural que marca a região. Este é um lugar espetacular, repleto de mitos e mistérios, e inspirou artistas e escritores ao longo da história que o associam à lenda do Rei Artur.


A lenda do rei Arthur

Durante séculos os estudiosos das histórias arturianas apontaram para Tintagel como o lugar em que o rei Artur foi concebido quando seu pai Uther Pendragon o rei da Bretanha, seduziu a rainha Igraine, esposa do duque de Cornwall. Ele fez isso com a ajuda da magia, aparecendo para a rainha como seu marido e a engravidando. E assim à história coloca Tintagel como o lugar de nascimento de Arthur.

A história posterior é sobre a traição do Rei Marcos (um histórico rei do século VI da Cornualha), que perdeu sua esposa Iseult para seu sobrinho Tristan (mais uma vez utilizando poção mágica) também foi envolvida na literatura arturiana.

A localização romântica de Tintagel, uma península ligada à rocha no continente Cornwall pela mais esbelta das pontes de terra - ainda no início do século XII - torna um local perfeito para lendas!

 Westend61/Getty Images

Westend61/Getty Images

O que ver em Tintagel:

  • O jardim murado que hoje resta apenas os restos das paredes. Pode ter sido construído por Earl Richard em meados do século XIII, como uma homenagem à história romântica de Tristan e Iseult.

  • O assentamento da Idade das Trevas (Dark Age): o cenário das ruínas fragmentárias do que foi o mais importante assentamento na Grã-Bretanha da Idade das Trevas, onde foi encontrado mais de 100 casas, capela e muitos utensílios. Mais impressionante do que as próprias ruínas para alguns que visitam o local, pois fica no alto onde poderá apreciar uma vista deslumbrante da região;

  • O pátio do antigo castelo: os restos da parte principal do castelo de Earl Richard, as ruínas incluem o grande salão, as cozinhas e os alojamentos.

  • Caverna de Merlin: Duas vezes por dia, na maré baixa você pode descer até a praia e escalar rochas baixas até uma caverna grande e profunda conhecido como o local secreto de Merlin.

  • O centro de visitantes: O centro na parte inferior do local inclui uma exposição sobre o desenvolvimento da região, os vários períodos em que ele foi ocupado e as importantes figuras históricas e míticas associadas ao castelo. A exposição também continua em uma série de painéis externos, localizados em todo o site, que explicam o que você está vendo em cada local.

Imagens: Visit Cornwall